terça-feira, 30 de maio de 2017

Feminismo liberal e feminismo radical.

Feminismo radical e feminismo liberal são denominações dos nossos tempos. Não são teorias feministas novas, mas vc não vai encontrar a Beauvoir falando "eu sou feminista radical" ou a Butler dizendo "sou feminista liberal", por exemplo. Nós feministas radicais, falo dessa perspectiva pq é a vertente com a qual me sinto mais aliada politicamente, entendemos que feminismo radical é a teoria feminista que trata da raiz da opressão da mulher, ou seja: o patriarcado. É por isso também que nos chamam de transfóbicas (o que não é verdade, inclusive), pois acreditamos que a libertação da classe feminina só ocorrerá com a abolição de gênero, por consequência isso beneficia tbm as demais pessoas que não se identificam com o (estereótipo de) gênero ao qual seu órgão genital é associado. O feminismo radical é materialista e acreditamos que a opressão sofrida por nós mulheres se deve ao fato de termos sistema reprodutor feminino, pois é a partir deste que o patriarcado nos reduz à condição de sub-humanidade. É também pelo nosso potencial reprodutivo que somos mais exploradas (maternidade compulsória, criar e educar de graça os futuros trabalhadores, serviço doméstico, etc).
Para saber mais sobre feminismo radical:
O Segundo Sexo da Simone de Beauvoir. Volumes I e II.
Opressão da Marilyn Frye.
A dialética do sexo da Shulamith Firestone.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um pouco de você... "se abra", se entregue...sou toda ouvidos e olhos, a seu dispor!

Link-Me


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails