quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Você pode ser feminista.


Você pode ser feminista se fizer dieta. Mas é importante problematizar isso pois para o patriarcado nunca seremos magras o suficiente, ele quer que mulheres emagreçam até definharem e sumirem
Você pode ser feminista se tiver relacionamentos com homens. Mas é importante problematizar isso pois homens são socializados para oprimirem mulheres e dados os índices de violência contra a mulher serem maiormente casos em que os parceiros ou ex-parceiros são os violentos, fique esperta.
Você pode pensar em feminismo se estiver apaixonada por um homem. Mas não esqueça suas amigas e principalmente: problematize sempre sua relação com um homem para que o que você sente não te impeça de ver possíveis opressões.
Você não pode ser feminista se não tiver nascido "fêmea". Não mesmo. O patriarcado é baseado na opressão de gênero e o gênero é imposto ao nascer quando nos identificam como fêmeas. Para a sociedade machista, nós mulheres somos o segundo sexo, então só fêmeas sabem o que é ser oprimida por ser fêmea e o feminismo é o nosso movimento.
Você pode ser feminista se desgostar de uma mulher. Você não precisa amar todo mundo não. Não reproduzir machismo pra cima de outras mulheres já está ótimo.
Você pode ser feminista se questionar outra feminista. É nos debates que a gente cresce.
Você pode ser feminista se gostar de ouvir essa música. Mas se "essa música" é de um cara que bateu na mulher, problematize e repense seus gostos. Tem tanta música pra ouvir...
Você pode ser feminista se gostar dos filmes desse diretor. Mas se esse diretor for estuprador e pedófilo é bom repensar, tem tantos filmes bacanas...
Você pode ser feminista se gostar desse tipo de sexo, mas é importante problematizar seus "gostos" e "escolhas". Você quer realmente fazer ou está fazendo pra agradar seu parceiro? Esse tipo de sexo te machuca? repense e descubra outras formas de prazer, se for o caso.
Você pode ser feminista e isso significa problematizar escolhas, gostos e ações.
Feminismo é revolução, se fosse pra continuar tudo igualzinho sem questionar ou mudar nada, continuaríamos de boas com o patriarcado, não é mesmo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Um pouco de você... "se abra", se entregue...sou toda ouvidos e olhos, a seu dispor!

Link-Me


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails