quarta-feira, 26 de março de 2014

Você é o que você come.



Essa imagem ilustra bem a minha escolha em não comer mais carne. Tomei essa decisão olhando meus gatos, pensando no quanto eu amo essas criaturinhas e que em alguns lugares do mundo, as pessoas comem gatos. E eu nem poderia achar ruim, se como (comia, na verdade) porquinhos, frangos e boizinhos lindos e igualmente fofinhos.
É, eu sou a favor da vida, dessa que já existe, vive e morre em condições horríveis apenas para a satisfação do nosso paladar. Então parei de consumir cadáveres e estou muito bem assim.

A imagem é do artista gráfico polonês Pawel Kuczynski, que trabalha com temas críticos como desigualdade social, trabalho infantil, guerra, meio ambiente e ativismo ecológico, etc. Descobri ele através desse link.

Um comentário:

  1. Sábia decisão!
    Não como carne vermelha, estou tentando parar de comer carne branca. Quando olho pro meu pretinho (meu bb felino, rsrs), tenho a mesma sensação.
    Há muita coisa a se pensar, a fazer e analisar, quando o assunto é sobre o respeito aos animais. O homem precisa aprender a ter uma visão mais ecocêntrica, ou seja, perceber que ele é parte integrante da Natureza e não dominante da mesma.
    Mas, isso vem mudando, aos poucos, mas vem mudando, precisamos acreditar.

    ResponderExcluir

Um pouco de você... "se abra", se entregue...sou toda ouvidos e olhos, a seu dispor!

Link-Me


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails