quinta-feira, 18 de julho de 2013

Short hair.




Eu acho lindo cabelo comprido. Meu sonho era ter cabelo cacheado curto, mas meu cabelo é liso.

Já tive cabelo comprido quando morava com meus pais, pois fui criada numa igreja evangélica em que não não era permitido cortar o cabelo. Assim que pude (aos 16 anos) cortei meu cabelo na altura da metade das costas... um cabelo tamanho médio.

Cada vez que eu corto o cabelo me sinto feliz, linda e livre. Sim, livre! Quanto mais curto mais livre me sinto. Pra mim cabelo curto é uma forma de protesto contra a opressão da igreja e também dos padrões de beleza da sociedade, que dizem que mulher bonita tem cabelo comprido.

Meu cabelo curto, repicado, colorido é a forma de eu mostrar através do meu corpo (cabeça na verdade) que não concordo com estereótipos de beleza. É o meu primeiro e "silencioso" grito de rebeldia, de protesto contra rótulos e preconceitos.

Aos 18 anos eu cortei o cabelo um pouco mais curto. Depois disso, ele oscilou entre um pouco abaixo e acima dos ombros. Hoje, aos 26 anos, cortei bem curto. O mais curto de toda a minha vida e estou amando. E compartilho a alegria com vocês! :D


3 comentários:

  1. Ficou lindo, Bia! Eu li num livro uma vez que cabelos compridos são uma marca de submissão, mas não especificava muito o porquê. Achei que ficou demais, combina bem contigo. Bjj

    ResponderExcluir
  2. Obrigada! :D

    Submissão aos padrões de beleza...

    ResponderExcluir
  3. E o gato deve estar a pensar:
    mas que linda ficou a Katy,
    para sempre ao meu lado ficar!

    Beijo

    ResponderExcluir

Um pouco de você... "se abra", se entregue...sou toda ouvidos e olhos, a seu dispor!

Link-Me


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails