terça-feira, 16 de março de 2010

Paixão 'selvagem'...

Ele se sentia enlouquecido por ela, pelo gosto da sua pele, urgência de suas mãos. Sob os pálidos respingos do luar que penetrava através do  vidro, o corpo dela parecia sobrenatural e misterioso, mármore branco eroticamente aquecido, quente ao toque e rebrilhando com o saudável suor daquele momento de lascívia. Quando ele enterrou os dentes no pescoço dela, era como estar se alimentando. Sua boca era selvagem, e o corpo dela se precipitava de encontro ao dele. Ela gritou quando os dedos dele a levaram de modo suave para além da beira do abismo.


Por Nora Roberts.

5 comentários:

  1. Nesse sentir envolvente, odores e arromas em profusão, isso tudo parece muito excitante.
    Já vi algumas comentarem que, para elas, o sexo rápido é muito mais excitante que qualquer outra técnica. Assim nada planejato. elas não se sentem envergonhadas ou culpadas, e a turbulência do momento as ajuda a chegar ao orgasmo com mais facilidade. Dizem ser mais sexuais.

    Gostei do texto.

    Beijo pra vc.

    Hod.

    sexuais.

    ResponderExcluir
  2. Penso eu que toda paixão é selvagem, já o amor é mais sereno, sensato e tranquilo....beijos de bom dia.

    ResponderExcluir
  3. a paixão é rápida? depende da criatividade, pois revigora toda vez, toda hora...

    beijos,
    do homem-menino

    ResponderExcluir
  4. Paixão "Crepúsculo" adorei!
    Bjinhos da Madrasta!

    ResponderExcluir
  5. Toda uma explosão no toque sutil da pele. A paixão não sobrevive sem preliminares.

    ResponderExcluir

Um pouco de você... "se abra", se entregue...sou toda ouvidos e olhos, a seu dispor!

Link-Me


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails