quarta-feira, 22 de julho de 2009

Hoje eu recebi flores!

Hoje eu recebi flores.
não era meu aniversário nem outro dia especial.
ontem a noite nós tivemos nossa primeira briga.
ele me disse coisas cruéis que me feriram muito.
Mas eu sei que ele está arrependido,
porque ele me mandou flores hoje.
Hoje eu recebi flores.
não era meu aniversário nem outro dia especial
ontem a noite ele me empurrou contra a parede e começou a me enforcar,
parecia um pesadelo, não podia acreditar que fosse real.
Eu acordei essa manhã com o corpo dolorido e machucado.
Mas eu sei que ele está arrependido,
porque ele me mandou flores hoje.
Hoje eu recebi flores
e não era festa das mães nem outro dia especial.
Ontem a noite ele me bateu novamente
foi mais violento que das outras vezes
Mas se eu o abandonar, que será de mim?
Como cuidar dos meus filhos, e os problemas financeiros?
eu tenho medo dele, mas partir me apavora.
Mas eu sei que ele está arrependido
porque ele me mandou flores hojeHoje eu recebi flores
Hoje é um dia especial:
é o dia do meu funeral
ontem a noite, finalmente, ele me matou. Ele me bateu até matar.
Se eu tivesse apenas tido coragem suficiente para deixá-lo,
hoje eu não teria recebido flores.Copyright 1992 Paulette Kelly.
All Rights Reserved.
Tradução: AC Barro.

♣♣♣

Então, meu povo lindo! Ontem a tarde, eu estava mudando os canais da tv, procurando algo interessante para assistir (porque meu irmão se apossou do pc), quando coloquei neste canal e achei muito interesante o filme que estava passando, sobre violência doméstica contra a mulher. Aí fiquei pensando: isso é coisa de filme...e tentei lembrar de algum caso assim (da vida real mesmo). Aí lembrei de uma mulher que trabalha comigo, de outra que já trabalhou comigo também, uma vizinha (nós escutávamos ela gritando e apanhando! Já faz tempo.), uma moça da igreja e por aí a fora. Pensei: poxa, isso é sério mesmo. Há mais casos do que se imagina.

Mesmo com essa Lei da Maria da Penha, ainda há muita dificuldade, por parte da mulher, em tomar uma atitude (por medo, mesmo!) e denunciar o monstro, quer dizer o agressor.

No filme Nunca Mais (do diretor Michael Apted), a Jennifer Lopez (protagonista), consegue fugir e dar a volta por cima (as minhas conhecidas também!). Meu maior desejo é que todas as mulheres que passam por essa situação, tenham a mesma sorte que elas.

Abomino qualquer tipo de violência, contra mulheres, crianças, idosos, animais, homens. É totalmente repugnante uma pessoa que humilha (fisica, psíquica ou moralmente), outra pessoa.

Queria poder fazer algo mais. Porém, até descobrir algo que eu possa fazer, que realmente valha o empenho, deixo aqui a minha revolta e este selo, para quem quiser divulgar esta indignação e a luta pelos reais direitos humanos.
Toda pessoa tem direito à vida e à integridade física, moral e psicológica...é o básico do básico...
Beijinhos.

7 comentários:

  1. Katy,
    Muito verdadeiro e cruel o que descreveu e não é só coisa de filme não.
    Ótima iniciativa!
    Estou levando o selo para o meu blog!
    Beijos Tempestuosos!

    ResponderExcluir
  2. no ínicio dessa madrugada, enquanto eu escrevia, ouvi um grito... fui até a janela da cozinha, e ouvi claramente uma mulher pedindo:'calma! para com isso por favor' pedia aos prantos... e ouvi um estalo, e um grito, e ouvi 'cala a boca!... cala a boca ou te mato de porrada' ouvi claramente... vinha da rua de trás... senti um gelo nas pernas e, ao mesmo tempo, um ódio queimar... 'cala a boca ou te mato de porrada'... ouvi a porta de um carro bater, o motor virar e o carro arrancando... ouvi buxixos... parou a gritaria, abafou o choro... não é a primeira vez... já houve denuncia, já ouve protesto... meu medo é saber que lá, na rua de trás, um dia vai chegar uma coroa de flores...

    ResponderExcluir
  3. levei um SUSTO quando comecei a ler, que vc nem imagina!
    achei que tivesse acontecido alguma coisa com vc!!


    e eu não sei porque as mulheres têm tanto medo assim... acho estranho...
    mas falo por mim: o dia em que alguém fizer isso, vai ter.
    Lembro até hoje o dia em que eu e o meu ex estávamos discutindo e ele me pegou pelo braço, com força... a partir dali não teve nem mais conversa! sai fora!



    Bjos Katy!
    Jota.

    ResponderExcluir
  4. Nossa!
    Muito difícil,mas é verdade!
    As mulheres tem que parar de ter medo e se protger!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  5. Muito triste esta violência.

    Frio e chuva. Será que alguém gosta? Talvez sim, ficar dentro de cas e bem acompanhado!

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. É triste e real né!!!
    desse jeito nunca vou querer flores, ele que irá querer maçã hahahaha Maria da Penha mesmo! Bjinhos da Madrasta!

    ResponderExcluir
  7. Texto muitíssimo verdadeiro, é exatamente assim q acontece.

    Triste, porém real.

    Bjinhos!

    ResponderExcluir

Um pouco de você... "se abra", se entregue...sou toda ouvidos e olhos, a seu dispor!

Link-Me


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails