terça-feira, 16 de junho de 2009

Soneto de Fidelidade


De tudo, ao meu amor serei atento.
Antes e com tal zelo, que sempre e tanto.
Que mesmo em face do maior encanto.
Dele, se encante mais o meu pensamento.


Quero vivê-lo em cada vão momento.
E em seu louvor ei de espalhar meu canto.
E rir meu riso e derramar meu pranto.
Ao seu pesar, ou seu contetamento.


E assim, quando mais tarde me procure.
Quem sabe a morte, angústia de quem vive.
Quem sabe a solidão, fim de quem ama.


Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama.
Mas que seja infinito enquanto dure.

By Vinícius de Moraes.
----------------------------------oooooooooo----------------------------------
Poema que eu decorei faz muito tempo....acho muito lindo.....E o final é maravilhoso, que nossas relações sejam intensas e infinitas...........enquanto durem!!!
Beijinhos.

10 comentários:

  1. Amiga
    Amo esse poema tbm. "Que seje infinito enquanto dure". Dessa parte não gosto não. Sinto uma sensação ruim, de que vai acabar, de que não vai ser eterno, e tudo o que quero é que o q me faz feliz seja simplesmente infinito.

    ResponderExcluir
  2. Realmente é Maravilhoso este poema!
    Bjs...

    ResponderExcluir
  3. Mahria, nada é eterno, por mais desconfortável, triste e doloroso que isto seja...
    A vida tem me ensinado isso. Ah! Se tem...rsrs...
    Tem me ensinado também a aproveitar cada momento, pois nunca sabemos se vai acontecer de novo...
    Bem, é assim que vivo....rsrs...


    Casal do Arrocha, e não é? Eu a-m-o!!!

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  4. Katy,
    adorei seu comentário, e faço questão de sua presença em meu blog... e posso dizer que "daqui não saio, daqui ninguém me tira"rs

    é um encanto. uma beleza este seu lugar...

    beijos!

    ResponderExcluir
  5. Menino-Homem.........que bom que gostou, seja muito bem vindo!
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  6. Sei q é melhor pensar assim mesmo amiga. Q nada é pra sempre. Qdo li seu post "o retorno" vc comentava no final "...porque pode ter sido a última vez ou pode deixá-lo com "gostinho de quero mais"...Sou tão insegura, mal resolvida, sem estrutura alguma pra ver os momentos dessa forma, e por isso sofro sempre, qdo o fim chega derrepente.

    Bjinhos
    Lindo dia pra você!

    ResponderExcluir
  7. Katty

    e quem é melhor para ajudar a nos decifrar que Vinicius?

    Em quantas entrelinhas nao nos achamos...rs

    amei...

    beijos e boa semana

    ResponderExcluir
  8. Lindo! que seja eterno enquanto dure!*psc
    bjs bjs
    christal

    ResponderExcluir
  9. MAHRIA, e quem não sofre com o final de alguma coisa boa??....nem me fala, fiquei sabendo de uma coisa hoje, que quase caí de costas....rsrs...(depois conto, no post novo!)....Mas é assim mesmo: a vida tenta ensinar e quando a gente acha que aprendeu, ela vem de novo para tirar a prova real e nos pega de surpresa.....
    Eu "fantasio" que sou forte, que sou descolada, mas quando acontece algo, percebo como sou frágil, egoísta e mal resolvida....rsrs...Oh, complicação!!!!

    NANDA, Vinícius é sempre maravilhoso....concordo!

    CHRISTAL, que seja eterno enquanto duro também, não acha, amiga???....rsrsrs..

    Beijinhos para todos vocês!!!

    ResponderExcluir
  10. Adoro esse soneto, vinicius e sua sensibilidade....

    moça linda durante a semana tá dificil entrar no msn, mas vou tentar entrar hj... viu?

    beijos.

    ResponderExcluir

Um pouco de você... "se abra", se entregue...sou toda ouvidos e olhos, a seu dispor!

Link-Me


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails